Pular para o conteúdo principal

Vida é Luta: Bancários realizam a 23ª Conferência Nacional

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Os bancários iniciaram nesta sexta-feira (3) a 23ª Conferência Nacional, com o lema "Vida é Luta". O encontro continua no sábado (4).

O evento, em caráter digital pelo segundo ano seguido, foi iniciado pela presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, que criticou o Governo Federal pela gestão omissa durante a pandemia. A Conferência também homenageou bancários e bancárias que perderam a vida para a covid-19.

"Nós começamos lembrando deste fato. Isto vai ficar em nossa história", disse Moreira.

VEJA TAMBÉM:
- Funcionários dos Correios conseguem apoio de senadores contra a privatização
- Pauta econômica poderá ser mobilizada pelo STF para contra-atacar governo

Sergio Takemoto, presidente da Fenae, ressaltou a importância da "unidade bancária e da classe trabalhadora". "Nós tivemos duas grandes vitórias. Derrotamos a MP 1045, que visava a retirada de mais direitos da classe trabalhadora. E tivemos a aprovação do PL que garante os planos de saúde com autogestão", disse.

Para ele, o atual governo tem atacado diretamente os direitos dos trabalhadores, mas também mecanismos que o Estado tem para promover o desenvolvimento econômico e social.

"Desde 2016 temos feito uma luta de resistência. Em defesa de direitos. Uma luta de resistência e persistência. Não podemos imaginar o futuro do Brasil sem empresas públicas. Só com a saída de Bolsonaro e Guedes, e com a volta de Lula, esse país pode voltar a ter jeito", complementou Takemoto.