Pular para o conteúdo principal

Time Lula: Quem são os ministros confirmados até agora

Imagem
Arquivo de Imagem
Lula

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) relutou em revelar quem seriam seus ministros antes de ganhar as eleições, mesmo com a pressão de opositores e da grande imprensa. Porém, o tem feito ao longo de todo o trabalho desenvolvido por uma equipe recorde - e na imensa maioria não remunerada - do governo de transição.

Leia também:
- Área de Cerrado desmatada em 2022 é quase do tamanho do Catar
- Natal dos Catadores contará com presença de Lula e Silvio de Almeida

Junto aos diagnóstico de cada pasta, o presidente petista diplomado no último dia 12, vem nomeando especialistas que estarão com ele neste terceiro mandato. Confira o que já se sabe até hoje (15).

  • Casa Civil: Rui Costa
    Economista formado pela Universidade Federal da Bahia, Costa foi o governador mais votado da Bahia. Filiado ao PT, ele começou sua atividade política no meio sindical. Foi diretor do Sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia, entre os anos de 1984 e 2000, e diretor da Confederação Nacional dos Químicos. Em suas duas gestões como governador da Bahia, Costa ampliou programas como o Luz Para Todos e o Minha Casa Minha Vida.
  • Ministério da Cultura: Margareth Menezes
    Vem da Bahia também Menezes, anunciada como a próxima ministra da Cultura. Além de cantora e atriz, ela tem uma longa história no fomento da cultura baiana por meio de movimentos de valorização da cultura negra, blocos de carnaval, lançamento de um selo independente, dentre outras ações. Fundou também a organização não governamental Associação Fábrica Cultural, voltada para a educação e cultura de crianças e adolescentes.
  • Ministério da Defesa: José Múcio
    Filiado ao PTB, Múcio é engenheiro civil formado pela Escola Politécnica de Pernambuco, foi ministro das Relações Institucionais de 2007 a 2009 e ministro do Tribunal de Contas da União de 2009 a 2021.
  • Ministério da Fazenda: Fernando Haddad
    Filiado ao PT, Haddad é professor de ciência política, graduado em direito, mestre em economia e doutor em filosofia. Já foi prefeito de São Paulo com uma gestão cheia de inovações e com destaque pela responsabilidade fiscal. Foi também ministro da Educação de 2005 a 2012, tendo sido responsável pela criação do Prouni.
  • Ministério da Justiça: Flávio Dino
    Filiado ao PSB, Dino é ex-juiz federal, foi governador do Maranhão, presidente da Embratur, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e, nas últimas eleições, foi eleito senador.
  • Ministério das Relações Exteriores: Mauro Vieira
    Vieira é funcionário de carreira do Itamaraty. Foi embaixador na Argentina e nos Estados Unidos e chanceler do Governo Federal em 2015. Atualmente, é embaixador na Croácia.
  • BNDES: Aloizio Mercadante
    Mercadante foi indicando como próximo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). É doutor em economia, fundador do PT e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Foi deputado federal por dois mandatos, senador e ministro da Ciência Tecnologia e Inovação e, por duas vezes, ministro da Educação.
  • Secretaria de Acesso à Justiça: Marivaldo Pereira
    Mestre em direito pela Universidade de São Paulo, Pereira é filiado ao PSOL. Foi secretário-executivo do Ministério da Justiça na gestão de José Eduardo Cardozo.