Pular para o conteúdo principal

Taxa de desemprego é de 14,1% e atinge 14 milhões de pessoas

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

A taxa de desemprego ficou em 14,1% no trimestre encerrado em novembro de 2020, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta quinta-feira (28) pelo IBGE. O número de pessoas desempregadas no País foi estimado em 14 milhões, acima do trimestre anterior (de 13,8 milhões).

A taxa foi a mais alta para esse trimestre desde o início da série histórica da pesquisa, em 2012. Em relação ao trimestre encerrado em agosto, o indicador mostra estabilidade (14,4%). Já na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior (11,2%), o aumento é de 2,9 pontos percentuais.

Ocupados

A pesquisa também aponta que o número de pessoas ocupadas aumentou 4,8% no trimestre encerrado em novembro e chegou a 85,6 milhões. São 3,9 milhões de pessoas a mais no mercado de trabalho em relação ao trimestre anterior. Com isso, o nível de ocupação subiu para 48,6%.

Rendimentos

O rendimento médio real habitual no trimestre terminado em novembro ficou em R$ 2.517, o que representa uma queda de 2,7% frente ao trimestre anterior. Quando comparado ao mesmo trimestre de 2019, houve alta de 4,0%.