O Crediamigo é o maior programa de microcrédito urbano produtivo e orientado da América do Sul. O Banco do Nordeste, que é dono do projeto, aposta no fomento da atividade urbana por meio do microcrédito desde o ano de 1999 e gera resultados positivos para todo o Brasil.

R$ 5 bilhões é a cifra de empréstimos que o programa Crediamigo do Banco do Nordeste atingiu até agora em 2019. Referência no mundo para o microcrédito, o programa, que já tem 20 anos de estrada, transformou a vida de nordestinos, mineiros e capixabas, além da paisagem dos estados.

Junto ao Agroamigo, uma linha de microcrédito destinado ao produtor rural, o Crediamigo é um programa menos burocrático disponível a comerciantes, prestadores de serviço, autônomos ou donos de pequena indústrias cujo faturamento anual não ultrapasse R$200 mil reais, limite ampliado recentemente.

As mudanças do Crediamigo acompanham as mudanças do Nordeste

Nesta quarta, 17, o Banco do Nordeste anunciou o aumento do valor disponível para os empréstimos. O limite que era de R$15 mil reais passou a ser R$ 21 mil, o que possibilita investimentos e acréscimos maiores na produção.

Destaca-se também a possibilidade de que pequenos empresários, cujo faturamento anual chegue a R$ 200 mil, também possam se beneficiar das baixas taxas de juros da linha de microcrédito.

As medidas anunciadas pretendem aumentar a produção e incrementar de maneira tecnológica o trabalho, complexificando a economia local. Em todo o período de vigência do programa mais de  5,6 milhões de empréstimos já foram feitos. Atualmente a base do banco é de 2,3 milhões de créditos ativos.

Oportunidade e fácil acesso

O Banco do Nordeste disponibiliza  orientação financeira para a melhor aplicação dos recursos para o crescimento do negócio. Além disso, tem como meta o fácil acesso da população ao crédito, principalmente por sua visão orientada ao  desenvolvimento socioeconômico dos empreendedores, empreendedoras e dos estados que compõe sua área de atuação.

Microcrédito é a base

O programa Crediamigo atualmente baseia-se nas diretrizes do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), do Governo Federal, cuja  Lei nº 11.110, data de 2005.

A intenção do governo com o programa foi aumentar a geração de trabalho e renda entre os microempreendedores populares. Para tanto, orientou a oferta de apoio técnico e, claro, a disponibilização de dinheiro para ser oferecido em forma de crédito à população.

Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE)

O Banco do Nordeste é o gestor do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), que atende 1.990 municípios situados nos nove estados do Nordeste, no Norte do Espírito Santo e no Norte de Minas Gerais. Ele é fundamental para o programa Crediamigo. O FNE possibilita que as pessoas acessem linhas de crédito e microcrédito nos segmentos de microempreendedores individuais, produtores, empresas, associações e cooperativas.

Atualiza Aí


Afinal, por que é tão importante que a gestão do FGTS continue com a Caixa Econômica?

A MP 889/19, apresentada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro, permite que a gestão do FGTS seja realizada por bancos privados. Mas o que isso significa? A gente explica!

Nobel de Economia vai para pesquisas de combate à fome

Comunicado do Comitê do Nobel diz que pesquisas “melhoraram consideravelmente a capacidade de combater a pobreza global”. Premiados são Abhijit Banerjee e Michael Kremer e Esther Duflo.

Pela primeira vez, Pronaf concede crédito para o manejo florestal comunitário familiar

Pela primeira vez, Pronaf destina crédito para Manejo Florestal Comunitário Familiar. Montante de R$ 850 mil vem do Banco da Amazônia (BASA)

Frente Parlamentar lança amanhã (15) estudo sobre reforma administrativa

Objetivo é fazer uma discussão equilibrada sobre o que está sendo elaborado pelo governo federal.

Multimídia


Afinal, por que é tão importante que a gestão do FGTS continue com a Caixa Econômica?

A MP 889/19, apresentada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro, permite que a gestão do FGTS seja realizada por bancos privados. Mas o que isso significa? A gente explica!

Flávio Dino ressalta a necessidade de uma reforma tributária

Flávio Dino (PCdoB/MA) esteve presente no lançamento da proposta de Reforma Tributária Justa, Solidária e Sustentável que ocorreu ontem em Brasília.

Reforma tributária da oposição quer tornar mais justa a cobrança de impostos no País

O lançamento da Reforma Tributária Justa, Solidária e Sustentável mostra que os partidos da oposição começaram a propor saídas para o Brasil.