A Receita vai disponibilizar, a partir das 9h desta terça-feira (8), a consulta ao quinto lote da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física, o IPRF 2019.

A data de pagamento para o quinto lote será dia 15 de outubro

Cerca de  2.703.715 contribuintes receberão a restituição na conta indicada na declaração do imposto. O valor é de cerca de R$ 3,5 bilhões. Desse montante, R$180.177.859,42 serão pagos a contribuintes com preferência – idosos acima de 80 anos, contribuintes de 60 à 79 anos, pessoas portadoras de deficiência física, pessoas com doença mental grave e professores e professoras cuja maior fonte de renda é o exercício da docência.

Pay Me Make It Rain GIF by GIPHY CAM - Find & Share on GIPHY

It’s raining GRANA, aleluia!

Como saber se a minha restituição saiu?

Para saber se a sua restituição estará disponível no quinto lote, basta entrar no site da Receita Federal, ou ligar para o Receitafone, cujo telefone é 146. Pelo site é possível fazer retificações em caso de incosnistência de dados, a famosa “malha fina”.

Também é possível corrigir a declação do IPRF com a declaração retificadora.

O que fazer caso o dinheiro não caia na conta na data disponibilizada pela receita?

Deve-se ir pessoalmente a qualquer agência do Banco do Brasil. É possível também ligar para a Central de Atendimento por meio dos telefones:

  • 4004-0001, para as capitais dos estados;
  • 0800-729-0001, outras cidades do país;
  • 0800-729-0088, para deficiêntes auditivos de qualquer cidade.

Dessa forma, é possível agendar o crédito em conta-corrente ou poupança de qualquer banco.

Outras restituições

Estará aberta também a consulta a restituições residuais de 2008 à 2018.

Com informações da Agência Brasil.

Boa notícia nesta segundona! É hoje que a Receita paga o segundo lote da restituição do Imposto de Renda de 2019. Os contribuintes podem consultar o valor de suas restituições no site da Receita Federal. Também é possível usar o app para tablets e smartphones.

Como consultar sua restituição:

Pelo telefone

Ligando para o Receitafone, no número 146

Pelo computador

Entre no site da Receita

Pelo aplicativo da Receita
Para fazer a consulta pelo aplicativo, é preciso ter um certificado digital, ou criar um código de acesso, e liberar o uso do aplicativo

Para criar um código de acesso
Acesse a página da Receita Federal pelo computador

Crie o código de acesso usando o número do CPF, data de nascimento e recibos de entrega das duas últimas declarações. Entre no e-Cac, o Centro Virtual de Atendimento.

Entre em Meu Imposto de Renda/Outros/Autorizar Acesso via Smartphones e Tablets
Cadastre o smartphone ou tablet — para cada um deles deverá ser informado um nome, uma palavra-chave e uma data de expiração dessa autorização

Após a criação do código:

Baixe e abra o aplicativo “Meu Imposto de Renda”


Veja as datas de pagamento dos lotes de restituição do IR neste ano:

1º lote, em 17 de junho de 2019
2º lote, em 15 de julho de 2019
3º lote, em 15 de agosto de 2019
4º lote, em 16 de setembro de 2019
5º lote, em 15 de outubro de 2019
6º lote, em 18 de novembro de 2019
7º lote, em 16 de dezembro de 2019

Atualiza Aí


Afinal, por que é tão importante que a gestão do FGTS continue com a Caixa Econômica?

A MP 889/19, apresentada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro, permite que a gestão do FGTS seja realizada por bancos privados. Mas o que isso significa? A gente explica!

Nobel de Economia vai para pesquisas de combate à fome

Comunicado do Comitê do Nobel diz que pesquisas “melhoraram consideravelmente a capacidade de combater a pobreza global”. Premiados são Abhijit Banerjee e Michael Kremer e Esther Duflo.

Pela primeira vez, Pronaf concede crédito para o manejo florestal comunitário familiar

Pela primeira vez, Pronaf destina crédito para Manejo Florestal Comunitário Familiar. Montante de R$ 850 mil vem do Banco da Amazônia (BASA)

Frente Parlamentar lança amanhã (15) estudo sobre reforma administrativa

Objetivo é fazer uma discussão equilibrada sobre o que está sendo elaborado pelo governo federal.

Multimídia


Afinal, por que é tão importante que a gestão do FGTS continue com a Caixa Econômica?

A MP 889/19, apresentada ao Congresso Nacional pelo governo Bolsonaro, permite que a gestão do FGTS seja realizada por bancos privados. Mas o que isso significa? A gente explica!

Flávio Dino ressalta a necessidade de uma reforma tributária

Flávio Dino (PCdoB/MA) esteve presente no lançamento da proposta de Reforma Tributária Justa, Solidária e Sustentável que ocorreu ontem em Brasília.

Reforma tributária da oposição quer tornar mais justa a cobrança de impostos no País

O lançamento da Reforma Tributária Justa, Solidária e Sustentável mostra que os partidos da oposição começaram a propor saídas para o Brasil.