O petróleo ainda é nosso?


Parece coisa do século passado, mas o petróleo possui muita relevância para o nosso presente e o nosso futuro. Conversamos com o diretor técnico do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Willian Nozaki, sobre essa que é uma das mais importantes commodities do mundo.

O petróleo é uma mercadoria escassa e muito valorizada no planeta. Além disso, ele é finito e utilizado não só como fonte de energia, mas também como matéria prima para mais de 3.000 produtos.

O professor Willian Nozaki falou sobre questões geopolíticas e econômicas do petróleo, da Petrobras e da indústria petrolífera ao redor do mundo. Segundo o professor, houve uma grande mudança geopolítica da situação mundial do minério.

O Oriente Médio já não é mais a ‘galinha dos ovos de ouro’ dessa indústria desde o momento da descoberta de jazidas de xisto nos EUA, areias betuminosas no Canadá e do Pré-Sal no Brasil.

Por isso, ao professor causa estranheza que a política brasileira preveja a privatização de diversas áreas da Petrobras, justo quando ela pode ser mais rentável e o carro-chefe para o desenvolvimento do Brasil.

Acompanhe!

Atualiza Aí


Documento aponta diretrizes para uma reforma administrativa democrática

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público se posicionou hoje (15) em relação à reforma administrativa proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

Decreto inclui Casa da Moeda no programa de privatizações

A edição desta terça-feira (15) do DOU traz um decreto assinado por Bolsonaro que inclui a Casa da Moeda do Brasil no programa de privatizações.

Vozes Silenciadas na cobertura da Reforma da Previdência – Podcast #EP10

O EP10 aborda a cobertura da mídia durante o processo da Reforma da Previdência e como as opiniões contrárias foram silenciadas neste debate.

Multimídia


Flávio Dino ressalta a necessidade de uma reforma tributária

Flávio Dino (PCdoB/MA) esteve presente no lançamento da proposta de Reforma Tributária Justa, Solidária e Sustentável que ocorreu ontem em Brasília.

Reforma tributária da oposição quer tornar mais justa a cobrança de impostos no País

O lançamento da Reforma Tributária Justa, Solidária e Sustentável mostra que os partidos da oposição começaram a propor saídas para o Brasil.