Pular para o conteúdo principal

Sindsep lança fundo de greve para auxiliar professores que tiveram o ponto cortado

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Professores em greve sanitária há 63 dias lançam Fundo de Greve para auxiliar os que estão com salários cortados na greve sanitária.

O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo – Sindsep lançou essa semana uma campanha para arrecadar recursos para um Fundo de Greve. Em conjunto com os comandos regionais de greve da Educação, a iniciativa busca colaborar com trabalhadoras e trabalhadores da Educação que tiveram seus salários cortados por discordarem de retornar às aulas presenciais, enquanto a pandemia estiver fora de controle.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Conforme pesquisa divulgada ontem (14), os professores da rede estadual de educação do estado de São Paulo têm uma incidência 192% maior de contaminação por covid-19 do que a população adulta do estado. Por isso, educadoras e educadores da cidade de São Paulo estão em greve sanitária há 63 dias.

Fundo de greve contra a coação à volta às aulas presenciais

“Covas mandou que cortem os salários de quem está em greve pela vida. Para enfrentá-lo estamos subindo o tom na denúncia da situação e precisamos garantir que ninguém que luta seja coagido a abandonar a greve. Por isso criamos essa campanha: porque precisamos do seu apoio”, anuncia o projeto disponível na plataforma Catarse.

Além disso, o sindicato lançou um vídeo em protesto ao retorno das aulas presenciais na cidade de São Paulo. O poema Inumeráveis, de Bráulio Bessa, musicado por Chico César, é a trilha sonora desse triste retrato mortes na educação do estado.

“Todos os nomes mencionados no vídeo e muitos outros que não nos chegaram, não são números. São pessoas, que amaram e foram amadas, tinham amigos, sonhos, risos e planos que foram interrompidos. Deixaram imensurável tristeza e vazio nas vidas de inumeráveis famílias”, diz um dos trechos do vídeo. Qualquer pessoa pode colaborar com o Fundo de Greve disponível na plataforma Catarse clicando aqui.