Pular para o conteúdo principal

Projeções do Boletim Focus mantêm estabilidade

Imagem
Arquivo de Imagem
Economia

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Boletim Focus, publicação do Banco Central, diminuíram a projeção da inflação para 2022, interrompendo uma série de elevações semanais. No último relatório, a previsão para o IPCA ao final de 2022 chegou a 5,79% - na semana passada, era de 5,92%.

Está foi a única alteração para as projeções de 2022 e 2023. O crescimento do PIB em 2022 ficou 3,05%. O câmbio em relação ao dólar permaneceu em R$ 5,25.

Leia também:
- Presidente eleito, Lula será diplomado nesta segunda-feira (12)
- Dinheiro esquecido: Banco Central tem R$ 4,6 bilhões em bancos a serem devolvidos

Não houve projeção em relação à Selic, a taxa básica de juros, já que não há mais reuniões previstas do Copom para este ano. O patamar atual esta em 13,75% ao ano.

Para 2023, a inflação esperada é de 5,08%. O crescimento do PIB em 0,75%.

O câmbio projetado para 2023 é o mesmo esperado para 2022: R$ 5,25. Já a taxa básica de juros esperada permaneceu em 11,75% ao ano.