Pular para o conteúdo principal

Prepare o bolso: conta de luz ficará mais cara em junho

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Foto: Marcelo Camargo (Agência Brasil)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou ontem (28) que a bandeira vermelha, no patamar 2, será acionada no mês de junho.

Isso significa que a tarifa de energia elétrica vai sofrer um acréscimo - ou seja, um custo extra de R$ 6,24 a cada 100kHh consumidos, fazendo com que as contas de luz fiquem mais caras. 

Segundo comunicado da Aneel, o mês de maio foi o primeiro da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) e registrou "condições hidrológicas desfavoráveis". 

Por isso, o mês de junho vai começar com os principais reservatórios do SIN em níveis mais baixos do que o ideal para esta época do ano, o que tende a significar redução da geração de energia por hidrelétricas e o aumento da geração por termelétricas, o que encarece o custo da produção.

Leia também:
- Apagão: Governo emite alerta de emergência hídrica e prepara medidas para evitar falta de eletricidade