Pular para o conteúdo principal

Preço do gás de cozinha sobe mais uma vez. Veja quanto está o botijão na sua cidade

Imagem
Arquivo de Imagem

A partir desta segunda-feira (14) o gás de cozinha está pesando mais no bolso do trabalhador. Os sucessivos aumentos no valor do gás de cozinha vêm puxando a inflação para o alto e prejudicando as famílias mais pobres. Entre as capitais brasileiras, a média de preço do botijão está variando entre R$ 85,00 e R$ 116,00.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

O gás liquefeito de petróleo (GLP) sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras, passando para R$ 3,40 por quilograma (kg), o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg.

Para não pagar mais caro no botijão de gás, o consumidor precisa pesquisar muito. A diferença de preço de uma distribuidora para outra pode variar muito. Mas para ajudar o trabalhador nessa tarefa, o Reconta Aí entrou em contato com várias distribuidoras de todas as capitais do País.

A partir desses contatos, calculamos uma MÉDIA dos preços em cada uma das cidades. Claro que é possível encontrar botijão mais caro e até mais barato, já que estamos fazendo uma média dos preços. Além disso, pagamento à vista, no dinheiro, no cartão e até parcelado interferem no valor final do produto.

Leia também:
- Inflação é maior para famílias mais pobres
- Mais de 400 mil na fila do Bolsa Família estão sem auxílio emergencial

Preço do gás de cozinha nas capitais

- Acre (AC):
Rio Branco - R$ 110,00

- Alagoas (AL):
Maceió - R$ 100,00

- Amapá (AP):
Macapá - R$ 115,00

- Amazonas (AM):
Manaus - R$ 96,50

- Bahia (BA):
Salvador - R$ 100,00

- Ceará (CE):
Fortaleza - R$ 96,00

- Distrito Federal (DF):
Brasília - R$ 116,00

- Espírito Santo (ES):
Vitória - R$ 115,00

- Goiás (GO):
Goiânia - R$ 98,00

- Maranhão (MA):
São Luís - R$ 93,00

- Mato Grosso (MT):
Cuiabá - R$ 111,00

- Mato Grosso do Sul (MS):
Campo Grande - R$ 92,00

- Minas Gerais (MG):
Belo Horizonte - R$ 85,00

- Pará (PA):
Belém - R$ 102,00

- Paraíba (PB):
João Pessoa - R$ 96,00

- Paraná (PR):
Curitiba - R$ 96,00

- Pernambuco (PE):
Recife - R$ 98,00

- Piauí (PI):
Teresina - R$ 100,00

- Rio de Janeiro (RJ):
Rio de Janeiro - R$ 90,00

- Rio Grande do Norte (RN):
Natal - R$ 98,00

- Rio Grande do Sul (RS):
Porto Alegre - R$ 105,00

- Rondônia (RO):
Porto Velho - R$ 100,00

- Roraima (RR):
Boa Vista - R$ 115,00

- Santa Catarina (SC):
Florianópolis - R$ 108,00

- São Paulo (SP):
São Paulo - R$ 90,00

- Sergipe (SE):
Aracaju - R$ 91,00

- Tocantins (TO):
Palmas - R$ 90,00