Pular para o conteúdo principal

Pix: Limite noturno de R$ 1 mil começa a valer em 4 de outubro

Imagem
Arquivo de Imagem
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Anunciado no final de agosto pelo Banco Central, o limite noturno para transações via PIX passa a valer no próximo dia 4 de outubro. A data de início foi aprovada nesta quinta-feira (23) pelo Banco Central (BC).

O Banco Central alega razões de segurança para a mudança, que também vale para outros meios de pagamento, como transferências via TED, DOC e compras com cartões de débitos, por exemplo. A restrição vale das 20h às 6h.

VEJA TAMBÉM:
- PIX: pessoas físicas e MEIs terão limite de R$ 1 mil para transferências entre 20h e 6h

O cliente pode pedir alteração desse limite, que nunca poderá ser alterado automaticamente pela instituição financeira. O limite para o PIX durante o dia continua sendo o do TED. No caso de pedido do cliente para ampliação do limite noturno, a mudança só será efetivada após 24 horas, ainda tendo em vista questões de segurança.

O prazo de 24h para alteração de limites também se estende a TED, DOC (Documento de Ordem de Crédito), transferências intrabancárias, boleto e cartão de débito.