Reconta Aí Atualiza Aí Pazuello, Ernesto Araújo, Mayra Pinheiro: veja quem terá sigilo quebrado pela CPI

Pazuello, Ernesto Araújo, Mayra Pinheiro: veja quem terá sigilo quebrado pela CPI

Os senadores que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado aprovaram nesta quinta-feira (10) a quebra de sigilo de uma série de pessoas, incluindo os ex-ministros Ernesto Araújo e Eduardo Pauzello.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

A mesa da CPI também informou que deve recorrer da decisão do STF que concedeu o direito a Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas, de não comparecer a seu depoimento.

A quebra dos sigilos telefônicos e de troca de mensagens dos ex-ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Eduardo Pazuello (Saúde) foram aprovadas.

Além deles, serão alvos integrantes do chamado “gabinete paralelo”. Do grupo, serão quebrados os sigilos do médico Paolo Zanotto, do empresário Carlos Wizard e do assessor internacional da Presidência, Filipe Martins e de Luciano Dias Azevedo, suspeito de ser o autor de proposta de decreto para alteração da bula da cloroquina.

Pedido sobre o sigilo de Mayra Pinheiro, conhecida como “Capitã Cloroquina“, também foi aprovado. Outros secretários do Ministério da Saúde foram incluídos, como Francieli Fontana Fantinato, responsável pelo Programa Nacional de Imunização. O ex-secretário executivo da pasta e atual assessor especial da Casa Civil, Élcio Franco, também será objeto da medida.

O servidor do Tribunal de Contas da União (TCU) – que elaborou um relatório falso que apontava menor número de mortes por covid do que o reconhecido oficialmente – também terá seu sigilo quebrado. O documento serviu de base para o presidente Jair Bolsonaro proferir falas mentirosas sobre a questão.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial