Pular para o conteúdo principal

O que é o Túmulo do Soldado Desconhecido onde Bolsonaro foi fazer homenagens?

Imagem
Arquivo de Imagem
túmulo do soldado desconhecido

Bolsonaro rendeu homenagens hoje (16) ao comunismo e aos seus soldados. No Túmulo do Soldado Desconhecido, monumento presente em diversos países ao redor do planeta que visa homenagear soldados mortos em guerras que não puderam ser identificados, o presidente do Brasil depositou flores em uma cerimônia oficial.

O Túmulo do Soldado Desconhecido russo é dedicado a homenagear os mortos do Exército Vermelho, que garantiram a vitória da União Russa Socialista Soviética URSS - uma federação entre Rússia e outros países vizinhos durante o período comunista - na Segunda Guerra Mundial. O monumento fica na capital da Rússia, Moscou, e foi construído em 1969 para marcar os 25 anos da vitória, da chamada pelos russos, Grande Guerra Patriótica.

Há um consenso entre historiadores que a União Soviética foi o país que mais contribuiu para a derrota do nazifascismo no mundo. Foi na Frente Oriental - invasão dos exércitos nazistas à Europa - que Hitler perdeu cerca de 88% dos seus soldados. A invasão à Polônia e depois à URSS resultou na destruição do 3º Reich - como era chamado o governo de Hitler na Alemanha.

Leia também:
- Energia solar e eólica ocupam a 2ª maior posição na geração energética do Brasil

Durante toda a guerra, estima-se que a união de todos os países que compunham a URSS tenha perdido entre 20 e 27 milhões de pessoas. De 4 a 4,5 milhões desses mortos eram civis, que foram assassinados por nazistas em suas casas e em câmaras de gás.