Pular para o conteúdo principal

O País Exige Respeito: "Carta de economistas isola Bolsonaro", avalia Sérgio Mendonça

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Uma carta-manifesto originalmente assinada por nomes ligados ao mercado financeiro e a posições econômicas liberais circulou neste domingo (21) exigindo providências do Governo Federal no combate à pandemia de Covid-19. Entre os primeiros signatários estão nomes como Armínio Fraga e Elena Landau.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

“Veio tarde. Mas antes tarde do que nunca. De qualquer modo é um movimento político que isola o governo. É uma carta que ‘isola’ Bolsonaro nas elites financeiras”, avalia o Sérgio Mendonça, economista e diretor do Reconta Aí.

Mendonça analisou o documento antes que mais signatários aderissem, como a economista Laura Carvalho, usualmente vista como representante do pensamento econômico não-ortodoxo.

Segundo Mendonça, a carta é politicamente sutil. “Eles estão certos: sem perspectiva para a Saúde não existe perspectiva para a economia. [Os signatários originais] Continuam numa posição liberal, mas sem explicitar posições liberais”, analisa.

Um dos indícios dessa postura delicada da carta, aponta Mendonça, é o não questionamento do Teto de Gastos, questão sequer mencionada no documento.

“De qualquer modo é um movimento político que isola o governo. E manda um recado para o Congresso”, finaliza Mendonça.

Leia também:
Compra de vacinas: “Nos unimos diante da inércia”, dizem prefeitos
Cortes de gastos públicos resolvem todos os problemas econômicos?