Pular para o conteúdo principal

Não haverá anistia, afirma Flávio Dino sobre crimes cometidos durante governo Bolsonaro

Imagem
Arquivo de Imagem
flávio dino

Criminosos que bloquearam estradas, depredaram bens alheios e promoveram todos os tipos de atos antidemocráticos após as eleições devem começar a se preocupar. Segundo Flávio Dino (PSB-MA), senador eleito e futuro ministro da Justiça, não haverá anistia. Segundo ele, as investigações serão mantidas.

Ao programa Uol News, o futuro ministro afirmou: "Os crimes já cometidos, cometidos portanto antes de 1º de janeiro, mas que não estarão prescritos e por não estarem prescritos não há no mundo cósmico e nem no mundo jurídico uma espécie de anistia mágica no dia do Réveillon, isso não existe".

Da mesma forma, Dino afirmou que a lei será para todos, sem discriminação, e que nem cidadãos, nem parlamentares, nem mesmo Bolsonaro serão poupados das investigações.

No entanto, Dino revelou que espera que "o espírito cristão e natalino chegue no coração dessas famílias e eles convidem seus familiares a retornarem a seus lugares".

Leia também:
- Eleições 2022: Veja como funciona a diplomação dos candidatos eleitos
- Golpistas se dividem entre pelo menos dois endereços em Brasília