Pular para o conteúdo principal

Morre o prefeito de São Paulo Bruno Covas

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

O prefeito morreu aos 41 anos e deixa um filho, Tomás Covas Lopes.

O prefeito licenciado da cidade de São Paulo, Bruno Covas, faleceu neste domingo (16), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Covas estava internado desde o dia 2 de maio para tratamento do câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

Advogado, Economista, deputado federal entre 2015 e 2016 e deputado estadual de 2007 a 2014, Bruno Covas foi um importante líder para o PSDB de São Paulo. Filiou-se ao partido em 1998, quando passou a morar com o avô, Mário Covas, governador do estado de São Paulo entre 1995 e 2001.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Assumiu a Prefeitura de São Paulo em 6 de abril de 2018, quando João Doria renunciou ao cargo para se tornar governador. Desde então, foi prefeito de uma das maiores cidades do mundo até o dia 2 de maio, quando se licenciou para o tratamento do câncer que já estava em fase avançada.

Covas foi internado pela primeira vez em outubro de 2019, quando chegou ao hospital com erisipela (infecção), que evoluiu para trombose venosa profunda (coágulos) na perna direita.

O câncer na cárdia foi detectado durante os exames para localizar os coágulos. Foram feitas oito sessões de quimioterapia, que contribuiram para que o tumor regredisse.

Apoś ser reeleito nas eleições municipais e continuar no cargo, em 2021, Covas anunciou uma nova fase para tratamento da doença.

Leia mais sobre São Paulo no Reconta Aí.