Reconta Aí Atualiza Aí Mobilização nacional marca novo dia de luta em defesa do serviço público e das estatais

Mobilização nacional marca novo dia de luta em defesa do serviço público e das estatais

Contra a reforma administrativa proposta pelo governo Bolsonaro e pela manutenção do auxílio emergencial de R$ 600,  centrais sindicais e entidades que defendem as empresas estatais convocam novamente para esta quinta-feira (10) atos em todo Brasil.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Na sexta-feira (11), a pauta de mobilizações prossegue com atos em defesa das estatais brasileiras, que estão na mira do governo Bolsonaro para serem privatizadas.

Leia também:
Guedes descarta auxílio emergencial em 2021

Além dos atos, duas publicações – uma em português e outra em espanhol –, serão lançadas na sexta-feira, para reforçar a importância das empresas e serviços públicos para a sociedade.

“Os trabalhadores devem estar mobilizados para enfrentar os ataques do governo ao serviço público porque, no fim, quem vai pagar a conta dessa destruição é o povo brasileiro, em especial os mais pobres, que não vão ter mais acesso aos serviços básicos como saúde e educação”, disse Pedro Armengol, diretor executivo da CUT e diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef).

Em relação ao auxilio emergencial, Armengol defende que o pagamento do benefício de R$ 600,00, conquistado pelas centrais e partidos de oposição em abril deste ano, é “um paliativo que minimiza a situação de precarização das pessoas”.

 

Com informações da CUT

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial