Pular para o conteúdo principal

MEI: Passo a passo de como preencher a declaração de imposto de renda 2021

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

O microempreendedor individual (MEI) já pode preencher a sua Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-Simei). O prazo final é dia 31 de maio e o envio da declaração é obrigatório.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

O MEI que não apresentar a declaração no prazo está sujeito a multa de até 20% do valor dos tributos declarados. Mesmo quem não tiver gerado receita em 2020, precisa declarar.

Podem ser registrados como MEI as pessoas que trabalham em atividades permitidas para microempreendedor individual. O faturamento deve ser de até R$ 81 mil por ano, ou seja, R$ 6.750 por mês. Além disso, não é permitido ao MEI ser sócio em outras empresas.

Atenção! A declaração do MEI não substitui a declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física. Dessa forma, quem trabalhou como microempreendedor individual em 2020 pode ser obrigado a fazer a declaração de pessoa física em 2021. Entretanto, a obrigatoriedade só vale para quem teve renda superior a R$ 28.559,70.

Leia também:
Auxílio emergencial não foi renovado! Não caia em golpes no WhatsApp
Cuidado! Golpe envolvendo o PIX pode roubar os seus dados

Preenchendo a declaração do MEI

Passo 1: Acesse o site da Receita Federal (clicando aqui). Na primeira tela, informe o CNPJ e clique em Continuar.

Passo 2: Em seguida, aparecerá uma tela com os tipos de declaração: original e retificadora. Na original, selecione o ano 2020 e clique em Continuar.

Passo 3: Informe os dados referentes ao ano-calendário 2020. O primeiro é o valor da receita bruta total de produtos vendidos em 2020. Se a sua empresa não vende produtos, apenas presta serviços, preencha o campo com valor zero.

O outro campo é para a receita bruta total dos serviços prestados. Para quem presta serviços, esse é o campo que deve ser preenchido com o valor total recebido em 2020. Mas se o MEI não prestou serviços, coloque valor zero.

Passo 4: Logo abaixo, na mesma tela, informe se sua empresa empregou alguém (além de você) no ano passado, ou não. Clique em Continuar.

Passo 5: Em seguida, o programa do DASN-Simei listará os pagamentos mensais de tributos feitos pelo MEI no ano passado. Clique em Confirmar para enviar o documento.

Passo 6: Por fim, a tela seguinte permite imprimir o recibo de entrega da declaração. Vale lembrar que na declaração do MEI não há imposto a pagar nem a restituir.