Pular para o conteúdo principal

Mais de 400 mil na fila do Bolsa Família estão sem auxílio emergencial

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Mais de 400 mil inscritos no Bolsa Família que aguardam sua entrada no programa estão sem receber o auxílio emergencial em 2021. Os dados foram divulgados pela Folha de S.Paulo.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Como o Bolsa Família é um programa, mas não um direito formal, aqueles que cumprem os critérios para receber os valores não necessariamente acabam recebendo.

Leia também:
- Exclusão digital limitou acesso ao auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania confirmou que estas 400 mil pessoas estão abaixo da linha da pobreza e, portanto, fazem jus ao Bolsa Família. A fila geral para o programa de 1,2 milhão de pessoas - destas, pouco mais de 700 mil estão recebendo o auxílio emergencial.

O governo tem gasto mensalmente R$ 8,9 bilhões com o auxílio emergencial. A previsão orçamentária era de R$ 11 bilhões, o que tem levado a equipe econômica e Jair Bolsonaro a afirmarem que está sobrando dinheiro para o programa, que pode ser ser prorrogado.

Questionado pela Folha, o Ministério da Cidadania não explicou a razão para não incluir toda a fila do Bolsa Família no recebimento do auxílio emergencial.