Reconta Aí Atualiza Aí Maioria acha que auxílio emergencial dura por mais tempo, aponta pesquisa

Maioria acha que auxílio emergencial dura por mais tempo, aponta pesquisa

Bolsa Família

Entre as pessoas que receberam auxílio emergencial e obtiveram o benefício novamente em 2021, a maioria (52%) pensa que o programa deve continuar além do previsto pelo Governo Federal.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Os dados são da pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta sexta-feira (7). No levantamento, 41% entende que o auxílio emergencial termina em dezembro de 2021. Uma parcela menor, 11%, acha que o benefício se estenderá até 2022.

Quase um terço (30%) não sabem quando a ação irá ser encerrada. Apenas 18% entendem que o auxílio se encerra em julho de 2021.

Entre os que recebem auxílio, 71% usa os valores principalmente para aquisição de alimentos e 26% para o pagamento de dívidas vencidas.

Leia também:
Acessibilidade: Respostas em áudio para quem precisa de informações sobre o auxílio emergencial 2021

Apesar de um terço da população ainda desconhecer a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, entre os que têm ciência de sua existência, 38% têm esperança de que as investigações levem à responsabilização de culpados, à ampliação da vacinação e à expansão do auxílio emergencial. Do outro lado, 29% acham que ela não dará em nada.

A aprovação (24%) e desaprovação (52%) de Jair Bolsonaro tiveram leve queda, dentro da margem de erro da pesquisa de 3 pontos percentuais. Houve aumento, também dentro da margem, de quem não desaprova ou aprova e de quem não sabe responder.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial