Pular para o conteúdo principal

INSS: Menos de 20% dos beneficiários estão liberados para a prova de vida digital

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Desde o dia 1º de junho a prova de vida para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que moram no Brasil voltou a ser obrigatória. No entanto, a prova de vida pelo celular só está disponível para cerca de 18,3% dos beneficiários.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Em meio à pandemia causada pela Covid-19, o Governo Federal obriga cerca de 29,4 milhões (81,7%) de aposentados e pensionistas a saírem de casa para comparecer a uma agência bancária e provarem que estão vivos.

De acordo com o INSS, os pouco mais de 6,5 milhões de beneficiários que estão habilitados para realizar a prova de vida pelo celular estão recebendo um aviso por mensagem SMS. Mas temos relatos de aposentados que não receberam a mensagem do INSS e mesmo assim conseguiram realizar a comprovação de vida de forma digital.

E aqui entramos em outra questão. Muitos aposentados e pensionistas que poderiam realizar a prova de vida pelo celular estão comparecendo às agências por não terem recebido a mensagem SMS do INSS. Um problema que poderia ser evitado se houvesse uma comunicação eficiente com os segurados.

A prova de vida sempre foi obrigatória para todos os brasileiros que recebem benefícios do INSS. Além disso, ela deve ser feita uma vez por ano ou então o benefício é bloqueado. Mas o atual cenário pandêmico exige soluções que não coloquem em risco a vida dos brasileiros.

Leia também:
- INSS: Prova de vida para aposentados volta a ser obrigatória a partir desta terça (1º)
- INSS: Veja o calendário de pagamento de aposentadorias de 2021

Beneficiários não conseguem cadastrar no aplicativo

Para realizar a prova de vida digital o beneficiário do INSS precisa baixar o aplicativo Meu INSS e se cadastrar. E é aqui que muitos encontram dificuldades, pois o cadastro envolve tirar fotos do próprio rosto em várias posições diferentes.

A equipe do Reconta Aí tentou realizar o cadastro no aplicativo e não obteve sucesso. Também recebemos informações de aposentados que não conseguiram realizar o cadastro.

A dificuldade está exatamente na parte onde o usuário precisar tirar fotos do rosto. O aplicativo vai indicando a posição que o beneficiário deve estar em frente ao celular para a foto ser capturada. No entanto, mesmo seguindo o passo a passo do aplicativo, as fotos não são capturadas.

Diante disso, fica o questionamento: os idosos que possuem dificuldade para usar celulares vão se cadastrar no aplicativo de que forma? Se uma pessoa que possui o domínio de tecnologias se depara com dificuldades ao manusear a ferramenta, imagina o nível de dificuldade para um idoso realizar esse procedimento.

Para essas pessoas só resta enfrentar a pandemia e se dirigir a uma agência bancária para provar que está vivo. Caso contrário, o benefício será bloqueado justo em um momento onde o Brasil amarga uma crise financeira e apresenta um cenário caótico.

INSS irá bloquear os benefícios de quem não realizar a prova de vida

Por causa da pandemia, desde maio de 2020 o bloqueio dos benefícios por falta da prova de vida estava suspenso. Mas com o retorno da obrigatoriedade para os residentes no Brasil, o INSS irá iniciar o bloqueio dos benefícios em que não houve a realização do procedimento.

O processo seguirá de forma escalonada, de acordo com o cronograma abaixo:

Competência de vencimento da comprovação de vidaCompetência da retomada da rotina
Março e abril de 2020Junho de 2021
Maio e junho de 2020Julho de 2021
Julho e agosto de 2020Agosto de 2021
Setembro e outubro de 2020Setembro de 2021
Novembro e dezembro de 2020Outubro de 2021
Janeiro e fevereiro de 2021Novembro de 2021
Março e abril de 2021Dezembro de 2021

Quem ainda tem dúvida sobre a realização da prova de vida ou dificuldade de locomoção pode buscar atendimento pela Central 135 e agendar a visita de um servidor do INSS. A central funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h.