Pular para o conteúdo principal

Inflação volta a subir prejudicando poder de compra do brasileiro

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Mês de fevereiro fecha com alta de 0,25% na inflação. Preços dos alimentos são os que mais impactam no dia a dia do brasileiro.

A variação nos preços dos alimentos e do combustível impacta diretamente na empresa de Simone Correa. Ela produz e vende refeições congeladas no ABC Paulista (SP) e vê, ano após ano, a defasagem do preço dos seus produtos aumentar. “Já estamos com uma perda de 15% em função dos valores das mercadorias”, diz.

Simone explica que o aumento nos preços dos seus produtos sempre é feito em janeiro e são mantidos os mesmos até o fim do ano. “Como existe muita oscilação de preço das mercadorias durante o ano, fica complicado reajustar, pois os clientes não aceitam esses reajustes”, explica a empresária.

A realidade da Simone é a mesma de milhões de brasileiros que sofrem com um orçamento cada vez mais apertado. Isso porque os preços estão subindo e o poder de compra do trabalhador está caindo.

Prova disso é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro, divulgado nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE). O IPCA – que mede a inflação oficial do País – fechou fevereiro com alta de 0,25%. Em janeiro, o indicador estava em 0,21%.

O grupo de alimentos e bebidas está entre os que mais registram variação (11%), aponta o IBGE. O tomate e a cenoura foram os vilões da inflação, com aumento nos preços de 18,86% e 19,83%, respectivamente.

Para os brasileiros que comem fora de casa, as refeições continuam pesando no bolso. A alimentação fora do domicílio fechou com alta de 0,22%. De acordo com Simone, alguns alimentos mantêm o preço mais estável, enquanto outros variam entre 30% e 40%, dependendo da época.

“Esses valores acabam causando um prejuízo para nós. Não posso encarecer minha mercadoria, se não vou perder os meus clientes. Então, trabalho com uma margem de lucro pequena”, finaliza a empresária.