Pular para o conteúdo principal

Imposto de Renda 2022: Empresas têm até o dia 28 para enviar informes de pagamentos

Imagem
Arquivo de Imagem
Imposto de renda 2022

Planos de saúde, pensão alimentícia, escola, previdência privada e outras empresas e instituições financeiras devem enviar até o dia 28 de fevereiro os comprovantes, ou informes, de pagamentos para que os cidadãos possam fazer sua declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de 2022.

Além das empresas de prestação de serviços, os empregadores têm até a mesma data para entregar o informe de rendimento dos trabalhadores. O informe deve conter os valores recebidos no ano anterior - 2021 -, os valores descontados para a Previdência Social (INSS) e o valor do imposto de renda retido na fonte. Caso o empregado tenha previdência complementar e plano de saúde coletivo, o documento entregue pelas empresas também deve ter essas informações.

Os comprovantes podem ser enviados pelos Correios e também por meios digitais como e-mails, links e aplicativos. Basta que a empresa ou instituição financeira divulgue o meio pelo qual disponibilizará o documentos.

Caso o contribuinte não encontre o comprovante de pagamento ou rendimento, deve entrar em contato com a empresa. Se ainda assim a empresa ou instituição financeira não entregar o documento, o contribuinte deverá entrar e contato com a Receita Federal. Caso o contribuinte avalie que há erros no comprovante entregue, é necessário pedir novo documento corrigido.

Leia também:
- Imposto de Renda 2022: Se Bolsonaro tivesse cumprido promessa de campanha, isenção chegaria a R$ 6 mil

Esses informes são utilizados para o correto preenchimento da declaração de imposto de renda, cuja data de entrega pelos cidadãos está prevista para começar no dia 2 de março e encerrar no final do mês de abril.

O objetivo é que a Receita Federal consiga fazer um cruzamento entre os dados apresentados pelo contribuinte e outras fontes de verificação para que o cidadão pague o imposto e tenha as restituições devidas.