Pular para o conteúdo principal

Imposto de Renda 2021: Prazo para entrega da declaração é prorrogado para 31 de maio

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

A Receita Federal prorrogou para o dia 31 de maio a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (12) no Diário Oficial da União.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Na última semana, o Senado Federal aprovou a prorrogação da entrega da declaração de 2021 para o dia 31 de julho. No entanto, o texto voltou para a Câmara dos Deputados para uma nova discussão. Até lá, fica valendo o prazo definido pela Receita Federal: 23h59 do dia 31 de maio.

Os brasileiros que tiveram rendimentos tributáveis em 2020 acima de R$ 28.559,70 precisam entregar a declaração de imposto de renda em 2021. O valor equivale a um salário mensal acima de R$ 2.196,90, incluído o décimo terceiro.

Mas existem outras situações em que é necessário o preenchimento da declaração. Veja aqui!

O programa e o aplicativo usados para preencher a declaração já estão disponíveis para download no site da Receita Federal (acesse aqui).

Leia também:
Imposto de renda: Tudo sobre a declaração de quem recebeu auxílio emergencial
Imposto de Renda 2021: Como colocar o faturamento do MEI na declaração?

Restituição de imposto de renda após envio da declaração

O cronograma de pagamento da restituição do imposto de renda não sofre mudanças. Serão cinco lotes pagos para os contribuintes que não apresentarem pendências nas declarações.

As datas serão:

1º lote: pagamento dia 31 de maio de 2021
2º lote: pagamento dia 30 de junho de 2021
3º lote: pagamento dia 30 de julho de 2021
4º lote: pagamento dia 31 de agosto de 2021
5º lote: pagamento dia 30 de setembro de 2021

De acordo com a Receita Federal, a previsão é que 60% das declarações entregues tenham imposto a restituir. No entanto, 19% deverão pagar algum valor em imposto.