Reconta Aí Atualiza Aí Greve sanitária: metroviários de SP param no dia 20 por vacinação e lockdown

Greve sanitária: metroviários de SP param no dia 20 por vacinação e lockdown

O metrô de São Paulo vai parar no próximo dia 20 (terça-feira). Os metroviários decidiram realizar uma greve sanitária por conta da direção do Metrô ignorar o Plano de Emergência apresentado pelo Sindicato e não vacinar os trabalhadores.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Em nota, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo informa que a decisão de decretar greve sanitária foi tomada na assembleia on-line realizada na semana passada, que contou com a participação de metroviários de todas as linhas, inclusive os funcionários da ViaMobilidade e ViaQuatro.

Dos 1.023 votantes, 661 (64,6%) decidiram pela greve. A principal reivindicação é a vacinação urgente para os metroviários e demais trabalhadores do transporte público. Há também a reivindicação de que governos implementem o lockdown, o auxílio emergencial e as diretrizes descritas no Plano de Emergência apresentado pelo Sindicato.

Além da paralisação no próximo dia 20, a categoria decidiu participar do Dia de Luto e de Luta, na sexta-feira (16). Nesse dia, os metroviários trabalharão sem uniforme, de preto e com adesivos.

Leia também:
Greve sanitária pela vida continua nas escolas de São Paulo

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial