Pular para o conteúdo principal

Gasolina e diesel sofrem novo reajuste nas refinarias hoje (19)

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Gasolina e diesel terão seu preço médio reajustado nas refinarias da Petrobras, chegando a R$ 2,48 e R$ 2,58, respectivamente.

A Petrobras anunciou na quinta-feira (18) um novo reajuste no preço médio do diesel e da gasolina nas suas refinarias. O aumento será de R$ 0,23 para o litro da gasolina e de R$ 0,34 por litro de diesel. A nova rodada de preços passa a valer a partir desta sexta-feira (19).

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Conforme o reajuste, o preço dos combustíveis que saem das refinarias chegará a R$ 2,48 – no caso da gasolina – e R$ 2,58 em relação ao diesel. O valor da gasolina nas refinarias representa cerca de um terço do valor pago na bomba do posto. Já no caso do diesel, o valor corresponde a metade do encontrado nos postos.

O que diz a Petrobras sobre o reajuste da gasolina e diesel

De acordo com a Petrobras, os aumentos estão relacionados com a variação do câmbio. Isso porque o petróleo é negociado em dólar , ainda que seja produzido no Brasil.

No mesmo sentido, a estatal afirma que os valores ao consumidor são diferentes dos encontrados nas refinarias. Isso porque saindo das refinarias, os combustíveis pagam impostos estaduais e federais. Além disso, os consumidores também pagam os custos das misturas obrigatórias de biocombustíveis, para que tanto a gasolina, quanto o diesel, sejam menos poluentes.

Outro fator que encarece o preço dos combustíveis são as margens de lucro de distribuidoras e postos de combustíveis. Desde o início de 2021, a Petrobras já reajustou três vezes o valor do diesel e quatro vezes o valor da gasolina nas refinarias.

Tomou bronca

Em sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro reclamou da série de reajustes no preço da gasolina e do diesel feitos neste ano pela gestão da Petrobras. O presidente sinalizou que haverá mudanças na empresa. “Alguma coisa vai acontecer”, disse. “Você tem que mudar alguma coisa.”

Leia também
“Inflação aleija, mas câmbio mata”
Proposta do governo sobre redução de ICMS dos combustíveis não resolve o problema dos preços, dizem especialistas

Com informações da Agência Brasil.