Pular para o conteúdo principal

Funai: Servidores estão em greve pelo fortalecimento da Fundação

Imagem
Arquivo de Imagem
Funai

Os servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai) estão em greve nesta quinta-feira (23). A paralisação de 24 horas ocorre em todas as unidades da Funai espalhadas pelo País.

Pela manhã, servidores da Funai e indígenas realizaram um protesto em frente ao prédio da fundação, no Setor Comercial Sul, em Brasília. Na parte da tarde, a partir das 14h, o ato será em frente ao STF e contra o marco temporal.

Em comunicado oficial, a Indigenistas Associados (INA) - associação de servidores da Funai - explicou que o objetivo da greve pelo fortalecimento da Funai. "Basta do desmonte da Política Indigenista implantado pelo atual governo! Reivindicamos a demissão do presidente da Funai, Marcelo Xavier, e de sua equipe de diretores e assessores", diz a nota.

Além disso, os servidores exigem justiça para o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips, e a apuração dos mandantes e responsáveis pelos assassinatos brutais. "Precisamos garantir a segurança dos servidores que continuam trabalhando nas frentes e bases etnoambientais do Vale do Javari e em outras áreas da Amazônia", finaliza o comunicado da INA.

LEIA TAMBÉM:
- Representante dos empregados no Conselho da Petrobras denuncia que novo indicado à presidência não atende requisitos
- Bancários definem temas das negociações com a Fenaban