Pular para o conteúdo principal

FGTS: Saque em dinheiro para nascidos em março começa amanhã (22)

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

A Caixa libera neste sábado (22) o saque em dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os brasileiros nascidos em março. O valor já havia sido creditado na conta Poupança Social Digital da Caixa no dia 17 de julho.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin.

O Banco Público estipulou dois calendários diferentes para o trabalhador receber o seu FGTS emergencial. O primeiro deles é para o crédito do dinheiro na conta Poupança Social Digital da Caixa.

Já o segundo calendário é para realizar transferências do dinheiro para outros bancos ou, até mesmo, sacar em caixas eletrônicos ou lotéricas.

De acordo com a Caixa, o pagamento para todos os brasileiros está sendo feito exclusivamente pela conta Poupança Digital Social, mesmo se o trabalhador já tiver conta corrente ou poupança na Caixa. Quem ainda não tem essa conta, o Banco Público está abrindo automaticamente em nome do cidadão.

Entretanto, a movimentação dessa poupança social é feita somente pelo aplicativo Caixa Tem. Com o dinheiro em conta, é possível pagar boletos e fazer compras online usando o cartão de débito virtual.

Além disso, o trabalhador pode realizar pagamentos diretamente nos caixas de estabelecimentos como supermercados, farmácias e padarias. Para isso, o aplicativo Caixa Tem fará a leitura do QR Code que irá aparecer na maquininha de cartão do estabelecimento, debitando na conta o valor da compra.

Leia também:
FGTS: Trabalhador terá que pagar juros se quiser sacar o seu dinheiro
Saiba como solicitar o desfazimento do crédito automático na conta

Calendário de pagamento do FGTS

O pagamento do saque emergencial FGTS vai até o dia 21 de setembro. O calendário foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador.

Cada trabalhador tem direito de receber até R$ 1.045. No entanto, o valor leva em consideração a soma dos saldos de todas as contas que o cidadão tem no Fundo.

Mas vale lembrar que se não houver movimentação na conta até o dia 30 de novembro de 2020, o valor será devolvido à conta do FGTS, sem nenhum prejuízo ao trabalhador.

FGTS