Pular para o conteúdo principal

"Enfrentamos a máquina de Estado", declara Lula após vitória

Imagem
Arquivo de Imagem
lula vitória

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) declarou que sua vitória representa não uma vitória pessoal ou partidária, mas sim de um "imenso movimento democrático".

O petista afirmou ainda que o processo eleitoral teve um "unico e grande vencedor: o povo brasileiro". De outro lado, o vencedor das eleições presidenciais de 2022 criticou o uso da máquina pública por parte de Jair Bolsonaro (PL).

"Nós enfrentamos a máquina do Estado brasileiro que foi colocada a serviço do candidato da situação", apontou. Em sua declaração, Lula afirmou ainda que sua vitória representa o desejo popular por fazer parte da política. "Ele [povo] quer participar ativamente das decisões do governo. O povo brasileiro quer ter de volta a esperança", declarou.

O candidato vitorioso reafirmou seu compromisso de campanha com a geração de empregos e a negociação de dívidas das famílias e empresas: "A roda da economia vai voltar a girar".

O petista ainda afirmou que "não existem dois Brasis" e que pretende governar para todos, e não só para seus eleitores. "É hora de baixar as armas que jamais deveriam ter sido empunhados. O verde e amarelo não pertencem a ninguém, exceto o povo brasileiro", defendeu.