Pular para o conteúdo principal

Emprego: Pandemia influencia mercado de trabalho gerando a necessidade de novas profissões

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

O Reconta Aí vem divulgando vagas de emprego durante a pandemia para ajudar os brasileiros a encontrar uma nova oportunidade de trabalho. É visível que, nos últimos meses, algumas novas tendências estão afetando o mercado de trabalho e deve abrir mais vagas.

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin.

De acordo com uma projeção feita pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), as áreas de tecnologia e logística são as que mais terão oportunidades. Isso se deve ao fato do sucesso do ambiente virtual, tanto para empresas que vendem serviços quanto as que vendem produtos.

O SENAI fez uma lista das ocupações já existentes e que foram impactadas por tendências no mundo pós-Covid19. São elas:

– Técnico em telecomunicações;
– Profissional técnico em sistemas de transmissões;
– Técnico em sistemas de computação;
– Profissional técnico em mecatrônica e automação industrial;
– Técnico em eletroeletrônica, eletrônica;
– Eletricistas;
– Técnico em logística;
– Controlador e programador de produção;
– Técnico desenvolvedor de sistemas;
– Programador multimídia;
– Técnico em jogos digitais,
– Técnico em redes de computadores.

Leia também:
Vagas em home office: Emprego sem sair de casa

Profissões do futuro

Novas profissões também estão surgindo e devem crescer muito nos próximos anos. Mas vale ressaltar que esse novo comportamento das empresas vai exigir ainda mais especialização dos profissionais. São elas:

– Analista de soluções de alta conectividade;
– Administrador de conectividade;
– Especialista em logística 4.0;
– Desenvolvedor de softwares para simulação de processos industriais;
– Especialista em realidade virtual e aumentada;
– Desenvolvedor de aulas para educação a distância e online;
– Especialista em gestão da informação;
– Orientador para trabalho remoto;
– Especialista em análise de grandes volumes de informações (big data);
– Profissional com especialização em normas e legislações nacionais e internacionais;
– Especialista em internet das coisas (IoT);
– Profissional especializado em impressão 3D,
– Especialista em cyber segurança.

O diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, explica que a instituição já havia apontado uma tendência de surgimento de 30 novas ocupações. “A pandemia intensificou esse processo de atualização tecnológica e deve antecipar para 2021 e anos seguintes uma demanda que estava prevista para daqui a cinco ou dez anos”, alerta.

Trabalho em home office e educação a distância

Mas é claro que o trabalho em home office não está de fora das tendências de mudanças do mercado. Tanto que, mesmo com a flexibilização do isolamento social, muitas empresas continuam mantendo seus funcionários em casa.

E nesse “novo normal”, a pesquisa do SENAI mostra a necessidade um profissional para ajudar os trabalhadores a se adequar ao home office. É o orientador de trabalho remoto.

De acordo com a pesquisa, além de trabalhar em casa, as pessoas também estão preferindo estudar pelo computador. Com isso, o mercado da educação a distância deve crescer ainda e mais, gerando a necessidade de um profissional especialista em desenvolver aulas online.

Os hábitos das pessoas e dos consumidores estão mudando. Claro que o mercado tem que acompanhar essas necessidades e mudar também. No entanto, a mudança é agora.