Pular para o conteúdo principal

Empregados da Caixa apresentam reivindicações à direção do Banco Público

Imagem
Arquivo de Imagem
Empregados da Caixa

Más condições de trabalho e a resolução de impasses nos planos de saúde (Saúde Caixa) e previdência (Funcef) dos trabalhadores da Caixa motivaram a entrega de um documento de reivindicações à diretoria do Banco Público.

Conforme informa a Contraf-CUT, as entidades de representação dos empregados foram ao primeiro dia do evento "Nação Caixa" e entregaram o documento diretamente à vice-presidente em exercício de Estratégia e Pessoas (Viepe), Magda Carvalho, e ao diretor executivo de Pessoas (Depes), Jairo Sobrinho.

A coordenadora da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt, explicou: “São três dos principais temas que afetam o dia a dia de trabalho dos empregados da ativa e aposentados e que fazem parte de nossa pauta de reivindicações já faz um bom tempo. Está na hora da Caixa olhar com atenção para eles e se abrir à negociação para buscarmos uma solução”.

Leia também
- Boletim Focus: Mercado piora expectativa de crescimento do PIB brasileiro

Segundo o diretor-presidente da Associação de Pessoal da Caixa do Estado de São Paulo (Apcef/SP), Leonardo Quadros, a situação dos empregados mudou - para pior - com modificações realizadas pela direção do Banco Público no regime de trabalho.

“Ouvimos de muitos empregados que é um despropósito que, enquanto muitos colegas não possuam local para trabalhar por causa da devolução de prédios – que teria como objetivo economizar – a diretoria da Caixa aplique os recursos do banco em um evento como este. A política de economizar proposta pela direção da empresa não pode ser seletiva, e não pode atingir os direitos dos empregados, como ocorreu na Funcef, como era pretendido no Saúde Caixa e como tentam nas condições de trabalho e na nossa promoção por mérito”, afirma Quadros.

Saúde Caixa e Funcef

Empregados da Caixa, tanto em atividade, quanto aposentados, têm relatado uma queda brusca na qualidade de atendimento do plano Saúde Caixa. Segundo eles, há atrasos de pagamentos aos credenciados, aumento de descredenciamentos e suporte insuficiente na central de atendimentos.

Em relação à Funcef, o documento pede “a revisão das políticas implementadas pelos representados indicados pela Caixa na Funcef, de forma a restabelecer plenamente os direitos dos participantes da Fundação”.

Saiba mais sobre o documento clicando aqui.