Reconta Aí Atualiza Aí Em um ano de pandemia, Brasil perde 7,8 milhões de postos de trabalho, diz IBGE

Em um ano de pandemia, Brasil perde 7,8 milhões de postos de trabalho, diz IBGE

Crise no mercado de trabalho

O número de desempregados no Brasil foi estimado em 14,4 milhões no trimestre encerrado em fevereiro, o maior contingente desde 2012. A taxa de desocupação ficou estável em 14,4% em relação ao trimestre anterior (14,1%). Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, divulgada hoje (30) pelo IBGE.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

O resultado representa mais 400 mil pessoas desocupadas que estão à procura de emprego em relação aos meses de setembro a novembro de 2020. Ainda segundo o IBGE, a taxa de desemprego subiu de 2,7 pontos percentuais na comparação com igual trimestre do ano passado, que foi estimada em 11,6%.

De acordo com o IBGE, não houve, nesse trimestre, uma geração significativa de postos de trabalho, “o que também foi observado na estabilidade de todas as atividades econômicas, muitas ainda retendo trabalhadores, mas outras já apontando um processo de dispensa como o comércio, a indústria e alojamentos e alimentação”.

Em um ano de pandemia, houve redução de 7,8 milhões de postos de trabalho

Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, o número de pessoas ocupadas apresentou queda de 8,3%, representando uma redução de 7,8 milhões de pessoas trabalhando.

Rendimentos

A pesquisa do IBGE aponta ainda que o rendimento médio caiu 2,5% no trimestre de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021 frente ao trimestre encerrado em novembro de 2020 e foi estimado em R$ 2.520.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, houve estabilidade.

Leia também:
A evolução do desemprego de Lula a Bolsonaro: taxa média de desocupação foi de 13,5% em 2020
Bolsonaro assina MPs que permitem que empresas reduzam jornada de trabalho e salário e flexibiliza leis trabalhistas

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial