Pular para o conteúdo principal

Eleição para Conselhos Tutelares acontece no domingo. Veja como votar.

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

No próximo domingo (6), acontecem as eleições para conselheiros tutelares em todo o Brasil. Esse é um assunto que diz respeito à sociedade porque são essas pessoas que tratam diretamente de questões familiares ligadas a crianças e adolescentes.

O que são os Conselhos Tutelares

Os Conselhos Tutelares foram criados em 1990, pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Entre suas atribuições, está a de notificar o Ministério Público sobre violações de direitos de crianças e adolescentes, solicitar a troca de guarda familiar e fiscalizar as políticas públicas para menores. Os conselheiros têm mandatos de quatro anos.

Conselhos se tornaram espaço de luta por poder

Por isso, é preocupante o fato de essas eleições terem se tornado palco de disputas entre vertentes religiosas, como mostra matéria da BBC. Católicos e evangélicos têm disputado espaço dentro dos conselhos.

Quando esses espaços são ocupados por líderes religiosos, é mais provável que ocorram casos de violações de direitos. Um conselheiro pode lidar com uma situação de homofobia, por exemplo, de acordo com suas crenças religiosas e não sob o ponto de vista da garantia de direitos. O preconceito contra religiões de matriz africana também está muito presente.

Conselheiros tutelares religiosos são resistentes à educação sexual nas escolas, por exemplo, o que dificulta campanhas de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis e também de combate a abusos.

Saiba como votar

Sendo assim, é muito importante que a sociedade se engaje nas eleições do próximo domingo. A votação acontece das 9h às 17h e todos os eleitores maiores de 16 anos podem participar.

Para votar, o eleitor deverá levar título de eleitor e documento de identidade. Também é bom levar o comprovante de voto na última eleição.

O eleitor votará em sua área de abrangência. A relação das escolas é divulgada no site do Conselho Tutelar de cada município. Vale lembrar que o eleitor só poderá votar nos candidatos do seu domicílio eleitoral.