Pular para o conteúdo principal

Eleições 2022: Mora no exterior? Saiba como votar

Imagem
Arquivo de Imagem
Moro

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 697 mil brasileiros que moram no exterior poderão votar em 2022. São 39,21% mais eleitores que em 2018, quando havia 500 mil brasileiros aptos a votar. No entanto, só será possível votar para presidente e vice-presidente. O 1º turno está marcado para 2 de outubro e, um eventual 2º turno, marcado para o dia 30 do mesmo mês.

Para votar no exterior é muito simples. O brasileiro precisa estar inscrito em uma repartição consular do Brasil na cidade onde mora. O prazo para o alistamento terminou no dia 4 de maio. Assim, quem não realizou o alistamento dentro do prazo não está apto para votar em 2022.

Os cidadãos aptos à votação, deverão comparecer ao consulado brasileiro no horário de votação - das 8h às 17h. Esse horário seguirá o fuso local do país onde o brasileiro reside. Basta apresentar um documento oficial com foto e votar.

ATENÇÃO! O eleitor que estiver viajando a passeio por outros países não poderá votar. O voto é autorizado somente para quem tem domicílio eleitoral no exterior.

E se eu não conseguir votar?

Caso o eleitor que reside no exterior não consiga comparecer no dia da eleição por estar fora do seu domicílio eleitoral ou impossibilitado de comparecer ao local de votação, ele deve justificar a sua falta.

A justificativa é feita de forma online, pelo aplicativo e-Título ou pelo site Justifica Internet.

LEIA TAMBÉM:
- Eleições 2022: Como se cadastrar no aplicativo e-Título
- Mesário: Convocação vai até o dia 3 de agosto