Pular para o conteúdo principal

Denúncia afirma que Banco do Brasil pode estar sendo usado para fins partidários

Imagem
Arquivo de Imagem
Banco do Brasil pode estar sendo utilizado para fins político partidários

Em denúncia publicada hoje (29), a Folha de S. Paulo afirma que o Banco do Brasil (BB) vem travando o crédito a estados comandados por políticos opositores ao presidente Jair Bolsonaro. Apesar da negação do BB em resposta ao questionamento da Folha - "Toda contratação de operações para o setor público segue estritamente as exigências legais dos órgãos reguladores..." - o jornal apurou que o vice-presidente de governo do Banco Público, Antônio Barreto, já havia manifestado que o BB teria inclinações a trabalhar em prol das negociações com apoidores do atual governo.

A situação se agravou depois que estados comandados por adversários políticos de Bolsonaro tiveram que recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para conseguir obter o crédito necessário. Segundo a Folha, essa foi a situação do Piauí, e agora, de Alagoas.

Mesmo ambos os estados sendo classificados como bons pagadores, o Banco do Brasil colocou entraves à liberação dos empréstimos, forçando-os a tomar medidas judiciais. Há ainda outros estados, cujos governadores são de oposição, que também relataram à reportagem difilcudades em obter crédito: Camilo Santana (CE) e Rui Costa (BA).