Pular para o conteúdo principal

Cúpula do Clima começa com protestos nas redes sociais

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

A Cúpula de Líderes sobre o Clima – evento que reúne 40 chefes de Estado para discussões internacionais sobre o clima – começou hoje sob protestos

A Cúpula de Líderes sobre o Clima foi aberta nesta quinta-feira (22), na mesma data em que se comemora o Dia Mundial da Terra. O evento, organizado pelo presidente dos Estados Unidos,  Joe Biden, reúne 40 chefes de Estado para discussões internacionais sobre mudanças climáticas causadas pela ação humana.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Para o presidente Jair Bolsonaro, a reunião não poderia vir em pior hora: de acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia – Imazon nesta quarta-feira (21), a Amazônia teve a maior taxa de desmatamento para o mês de março em dez anos.

Somado a isso, o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, tem sido notícia por apoiar a devastação da floresta. Ganhador do prêmio – nada honroso – Exterminador do Futuro em 2019, o ministro segue defendendo a derrubada da floresta e a legalização de garimpos no bioma. Contra a sua atuação à frente da pasta do Meio Ambiente, especialistas e ambientalistas protestam nas redes sociais.

Confira a repercussão da Cúpula do Clima e da atuação de Salles entre os especialistas

Na diplomacia, cada gesto, lista, posição e sinalização conta e representa uma mensagem política. Nada é por acaso.

O Brasil não estar entre os primeiros a discursar na Cúpula do Clima é um desses sinais escancarados da diplomacia mundial.

— Jamil Chade (@JamilChade) April 22, 2021

As relações construidas pelo #ForaSalles foram tão boas que o presidente do Brasil fala na Cúpula sem Biden na sala. #cupuladoclima

— Adriana Ramos (@naosoumaismess) April 22, 2021

Há um ano que, no #DiadaTerra, Salles propôs que a pandemia fosse usada para atropelar as leis ambientais, para "passar a boiada”. Só alguém contra o meio ambiente poderia fazer tal coisa em tal data. Só Bolsonaro para nomear uma pessoa com essa postura como Ministro desta pasta.

— Marina Silva (@MarinaSilva) April 22, 2021

Mais 600 servidores do Ibama já assinaram carta que denuncia Salles por paralisar a fiscalização.
"É desrespeito à atividade dos fiscais, dos servidores, e é um controle que vai ser feito provavelmente por indicados políticos", diz a ex-presidente do Ibama @SuelyMVG #ForaSalles pic.twitter.com/SQwPye0cCF

— Observatório do Clima, 19 anos (@obsclima) April 22, 2021

Biden sai da sala para não ouvir o discurso de Bolsonaro na Cúpula do Clima. Resta saber se o presidente amerciano vai ficar na retórica, de que não compactua com a politica ambiental brasileira, ou se irá para as vias de fato e rechaçar um acordo com os inimigos do meio ambiente pic.twitter.com/Ib2v6xvbLn

— Nilto Tatto – #ForaBolsonaro (@NiltoTatto) April 22, 2021

Recado para os empresários q acreditaram no ministro encantador de burros:

Na agenda oficial da Cupula, o 🇧🇷 fará um discursinho na abertura e só! Não foi convidado pra nenhuma agenda paralela de discussões climaticas, nem pra discutir metas pra cada país.

Sacou? pic.twitter.com/XaqBR8AjsC

— O FISCAL do IBAMA (@fiscaldoibama) April 22, 2021

A fala de Bolsonaro na Cúpula do Clima não reflete o governo anti-ambiental que está no poder. O presidente mente para tentar limpar a barra das políticas ecocidas que tem implementado. Mas nós conhecemos bem. É #BolsonaroInimigoDoClima e #ForaSalles urgente!

— Talíria Petrone (@taliriapetrone) April 22, 2021

Leia mais sobre Meio Ambiente no Reconta Aí.