Pular para o conteúdo principal

Coronavírus avança e mercado reduz projeção do PIB

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

O mercado financeiro reduziu novamente a projeção de crescimento da economia brasileira deste ano. Com o avanço do coronavírus no País, a previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB) passou de 1,99% para 1,68% em 2020. Esta foi a quinta semana seguida que o mercado revisa para baixo a expansão do PIB, segundo o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (16) pelo Banco Central (BC).

O relatório traz as expectativas do mercado para os principais indicadores econômicos do País e, nesta edição, o mercado financeiro aposta que o dólar finalize o ano a R$ 4,35. Na semana passada, a expectativa era de R$ 4,20. 

Nesta segunda-feira, o dólar abriu em forte alta, chegando a bater R$ 4,98.  O mercado vive mais um dia tenso por conta das principais bolsas do mundo, que operam em forte queda.

Os analistas projetam ainda a taxa Selic menor este ano, em 3,75%. Na semana passada, a expectativa era de 4,25% em 2020.

Em relação ao IPCA, que mede a inflação oficial do País, a projeção caiu de 3,20% para 3,10% neste ano e, para o próximo ano, de 3,75% para 3,65%.

Leia também:
“Ou governo desapega do dogmatismo ou teremos muita dificuldade”, diz economista