Pular para o conteúdo principal

Consumidor tem até este sábado (16) para resgatar créditos da Nota Fiscal Paulista no portal Fazenda SP

Imagem
Arquivo de Imagem
nota fiscal paulista

Consumidores que possuem créditos da Nota Fiscal Paulista que foram liberados há mais de 12 meses devem realizar o resgate dos valores até este sábado, 16 de outubro, no Portal Fazenda SP. Isso porque as quantias liberadas durante esse período e que não foram utilizadas serão canceladas a partir de domingo (17).

O valor mínimo para transferência é de R$ 0,99. Segundo a Secretaria da Fazenda e Planejamento, os valores não utilizados pelos consumidores retornarão ao Tesouro do Estado.

A Pasta informa ainda que está planejada uma manutenção do sistema entre domingo (17) e terça-feira (19). Por esse motivo, algumas funcionalidades do sistema estarão temporariamente indisponíveis. Entre elas a consulta às transferências, a utilização de créditos e a rejeição de documentos.

Veja como transferir

Para transferir os recursos para uma conta corrente ou poupança, é preciso utilizar o aplicativo oficial da Nota Fiscal Paulista pelo tablet ou smartphone, digitar o CPF/CNPJ e senha cadastrada e solicitar a opção desejada.

Também é possível utilizar a página na internet: portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp. Nas duas opções, os valores serão creditados na conta indicada em até 20 dias. 

No mês de outubro também é possível destinar os créditos para abatimento do IPVA.

LEIA TAMBÉM:
- Nota Fiscal Paulista: consumidores podem usar os créditos para abater IPVA
- CPF, IR, eSocial: Aplicativo da Receita Federal reúne vários apps de serviços. Veja como acessar

Esqueceu a senha?

O consumidor que tiver  esquecido a senha do programa Nota Fiscal Paulista deve acessar o site do programa e clicar em "Esqueci minha senha". Ao digitar seu CPF e clicar em "OK" serão apresentadas três opções: 

- Envio de frase para lembrar a senha (por e-mail).
- Envio de endereço de página para cadastramento de nova senha (por e-mail)
- E por último a opção "Recadastrar" (esta opção é sugerida em último caso já que, por questões de segurança, requer envio de correspondência ou comparecimento ao Procon, Poupatempo ou Secretaria da Fazenda e Planejamento para desbloquear a senha, conforme guia de desbloqueio de senha.

*As informações são do Portal do Governo de São Paulo