Pular para o conteúdo principal

Conferência Nacional dos Bancários vai definir plano de lutas da categoria até 2022

Imagem
Arquivo de Imagem
Caixa governo federal

Começa nesta sexta-feira (3), a 23ª Conferência Nacional dos Bancários - evento que vai definir o plano de lutas da categoria até 2022.

As decisões serão tomadas com base das propostas apresentadas pelas bases sindicais de todo o País, que foram debatidas pelas conferências estaduais e regionais, e nos congressos e encontros de bancários de bancos públicos e privados. As atividades continuam durante todo o sábado.

Com o tema “Vida é luta”, a conferência será transmitida, ao vivo, pelo facebook e youtube da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

O presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Sergio Takemoto, participa da abertura do encontro, que reunirá trabalhadores de bancos públicos e privados de todo o país.

A primeira mesa de debates, às 19h, fará uma reflexão sobre “O Brasil que queremos” e contará com a presença do ex-presidente Lula.

As atividades continuam durante o sábado, com os economistas Gustavo Cavarzan e Vivian Machado, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), e o secretário de Saúde do Trabalhador da Contraf, Mauro Salles.