Pular para o conteúdo principal

Combustíveis: Bolsonaro quer uma CPI para investigar Petrobras

Imagem
Arquivo de Imagem
bolsonaro

Nesta sexta-feira (17), a Petrobras anunciou o reajuste de 5,2% no preço da gasolina e de 14,2% no preço do diesel a partir de sábado (18). Logo em seguida, Bolsonaro afirmou que vai propor ao presidente da Câmara do Deputados, Arthur Lira (PP-AL), a criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar a diretoria e o conselho da Petrobras.

"Conversei agora há pouco, há poucos minutos, com Arthur Lira. E a ideia nossa é propor uma CPI para investigarmos o presidente da Petrobras, seus diretores e também os seus conselhos administrativos e fiscal. Nós queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles. Porque é inconcebível se conceder um reajuste com o combustível lá em cima e com os lucros exorbitantes que a Petrobras está tendo", disse Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM:
- Petrobras reajusta preços dos combustíveis e gasolina sobe 5,18%
- Aumento da taxa de juros deixa crédito e prestações ainda mais caros

Para o presidente, a cúpula da Petrobras traiu o povo brasileiro. "Ela lucra seis vezes mais do que a média das petrolíferas do mundo. As petroleiras fora do Brasil reduziram sua margem de lucro, continuam tendo lucro, para exatamente atender os anseios da sua população no momento de crise, porque isso tudo é fruto de uma guerra longe do Brasil", disse.

Bolsonaro lembrou que só no primeiro trimestre deste ano a Petrobras lucrou R$ 44 bilhões. "Você tem como reduzir essa margem de lucro, porque está previsto na Lei das Estatais que ela tem que ter um fim social”, disse.