Pular para o conteúdo principal

Circuit Breaker: Ibovespa cai mais de 10% pela segunda vez na semana

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, operava com queda superior a 10% no início da tarde nesta quarta-feira (11). Os negócios foram suspensos após ser acionado,  pela segunda vez nesta semana, o Circuit Breaker.

Por volta das 15h15, o Ibovespa operava em queda de 10,11%. O mercado segue mais um dia de tensão após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar hoje que o coronavírus é uma pandemia.

Ainda no mercado doméstico, o governo brasileiro reduziu hoje a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, passando para 2,1%, ante 2,4%.

Já o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE) divulgou que a inflação oficial do País (IPCA) fechou fevereiro com alta de 0,25%. Em janeiro, o indicador estava em 0,21%.

Circuit Breaker


Para evitar que a bolsa de valores ‘desabe’, um mecanismo chamado circuit breaker pode ser acionado, suspendendo temporariamente os negócios. 

O mecanismo disparado pela Bolsa permite, na ocorrência de movimentos bruscos no mercado de ações, interromper o pregão. Toda vez que isso acontece, esta ferramenta é acionada para “amortecer e rebalancear” as ordens de compra e venda dos investidores e proteger o mercado da volatilidade. Em seguida, os negócios são retomados.

Quando a queda da Bolsa atinge 10%, ela é paralisada por 30 minutos. Durante o acionamento do Circuit Breaker, não é possível realizar compras ou vendas de ativos na B3.

O acionamento do Circuit Breaker é feito em 3 estágios:

I – quando o Ibovespa desvalorizar 10% (dez por cento) em relação ao índice de fechamento do dia anterior, a negociação dos ativos, dos derivativos e de renda fixa privada é interrompida por 30 (trinta) minutos;

II – reabertas as negociações, caso a variação do Ibovespa atinja oscilação negativa de 15% (quinze por cento) em relação ao índice de fechamento do dia anterior, a negociação dos ativos, dos derivativos e de renda fixa privada é interrompida por 1 (uma) hora;

III – reabertas as negociações, caso a variação do Ibovespa atinja oscilação negativa de 20% (vinte por cento) em relação ao índice de fechamento do dia anterior, a B3 pode determinar a suspensão da negociação de ativos, de opções e de renda fixa privada por período por ela definido. Nesse caso, o mercado deve ser comunicado pelos canais usuais de divulgação das informações da B3.