Pular para o conteúdo principal

Casa própria: Caixa corta os juros pela segunda vez no mês

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta quarta-feira (30), as novas taxas de juros para financiamentos de imóveis com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e saldos devedores atualizados pela Taxa Referencial (TR). Foi a segunda vez, neste mês, que o banco público cortou o  juro do crédito imobiliário.

A partir do dia 6 de novembro, a taxa mínima de financiamento para imóveis residenciais enquadrados nos Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) será de 6,75% ao ano mais a Taxa Referencial (TR). Já a taxa máxima será de 8,50% mais a TR. As taxas valem para os novos contratos.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a redução de juros permite a ampliação do acesso à moradia por conta da prática de preços mais competitivos. Além disso, o impacto é positivo para setor da construção civil, gerando emprego e renda.

A redução dos juros segue em linha com o que havia anunciado, recentemente, o presidente da Caixa: “se o Banco Central continuar com a redução de taxas de juros, a Caixa seguirá revisando as taxas”. 

Ontem, o Comitê de Política Econômica Monetária (Copom) reduziu a taxa básica de juros da economia para 5% ao ano. O corte de 0,50 ponto percentual da Selic já era esperado pelo mercado.