Reconta Aí Atualiza Aí Brasil perde 1,1% de investimentos em capacidade produtiva

Brasil perde 1,1% de investimentos em capacidade produtiva

Queda de investimentos

De acordo com Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é o segundo mês de retração dos investimentos na capacidade de produtção.

Os investimentos na capacidade produtiva da economia registraram queda em fevereiro. Conforme divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) nesta segunda-feira (3), o Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) teve retração na margem pelo segundo mês consecutivo.

Faça parte do nosso canal Telegram.
Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.
Siga a página do Reconta Aí no Linkedin

Enquanto o recuo foi de 15,9% em janeiro em relação a dezembro de 2020, fevereiro apresentou queda de 1,1% frente a janeiro. Em outras palavras, houve menos investimento e até uma queda na reposição do chamado capital fixo.

Componentes da FBCF

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) é composta por máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos.

Na passagem de janeiro para fevereiro, o consumo de máquinas e equipamentos (que corresponde à produção nacional destinada ao mercado interno acrescida das importações) caiu 2,9%. Enquanto a produção de máquinas e equipamentos registrou recuo de 4,3% em fevereiro, a importação teve um aumento de 13,1% no mês.

Os investimentos em construção civil apresentaram queda de 1,2% em fevereiro deste ano, a segunda na área. Apesar das oito altas seguidas, nos últimos 12 meses houve queda de 1,3%.

Leia mais sobre Economia no Reconta Aí.

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial