Pular para o conteúdo principal

BPC: Pessoas com deficiência já podem solicitar Auxílio Inclusão de R$ 550

Imagem
Arquivo de Imagem
BPC Auxílio inclusão

As pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e conseguiram um emprego com carteira assinada já podem solicitar o Auxílio Inclusão. O valor pago será de R$ 550, referente a 50% do valor do BPC, que atualmente é de um salário mínimo (R$ 1.100).

Ao ser contemplado com o Auxílio Inclusão, o beneficiário deixará de receber o BPC. No entanto, caso ela perca o emprego, voltará automaticamente ao BPC, sem precisar passar pelas avaliações iniciais.

O valor do auxílio recebido por um membro da família não será considerado no cálculo da renda familiar mensal per capita, na solicitação de outro membro da mesma família. Ou seja, é permitida a concessão e manutenção do BPC e do Auxílio Inclusão de outro membro do mesmo grupo familiar.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os pedidos do benefício deverão ser feitos pelos canais de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), como a Central 135, o site, o aplicativo Meu INSS ou até mesmo pelas agências da Previdência Social.

LEIA TAMBÉM:
- Fenae cobra contratação de concursados da Caixa, com déficit de 20 mil bancários
- Pantanal: ONGs pedem urgência ao STF para avaliar ação que visa barrar a destruição do bioma
- Presidente da Petrobras diz que política de preços não vai mudar e que a empresa não faz políticas públicas

Para ter acesso ao Auxílio Inclusão, o cidadão precisa se enquadrar nos seguintes requisitos:

- Estar com o CPF regular e com o cadastro atualizado;
- Atender aos critérios de acesso ao BPC;
- Ter recebido ao menos uma parcela do BPC nos últimos cinco anos ou ter tido o benefício suspenso;
- Ter rendimento familiar por pessoa de até dois salários mínimos (R$ 2.200);
- Comprovar deficiência moderada ou grave;
- Estar enquadrado como segurado obrigatório do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) ou como filiado ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) da União, Estados, Distrito Federal ou municípios;
- Estar com inscrição atualizada no Cadastro Único no momento do requerimento.

ATENÇÃO! O Auxílio Inclusão não poderá ser acumulado com o pagamento de aposentadorias, pensões, benefícios por incapacidade pagos por qualquer regime de previdência social ou seguro-desemprego.