Pular para o conteúdo principal

Banco do Brasil: 212 anos de muitas histórias

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

O Banco do Brasil completa 212 anos na próxima segunda-feira, dia 12. Sua história se mistura com o desenvolvimento do país, com o processo de industrialização e de desenvolvimento regional.

Falar dos méritos do Banco Público – importante para o país, em especial no momento de crise sanitária – não demanda muito esforço. Difícil é entender [ou não] as intenções de se privatizar empresas públicas sob o controle da União e que têm o compromisso com o desenvolvimento social.

Durante toda a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro sempre deixou claro as intenções de privatizar empresas públicas brasileiras. E isso se ratifica com Paulo Guedes, ministro da Economia. Entre uma investida e outra, a reunião interministerial de 22 de abril retrata um dos momentos em que o gestor da Pasta demonstra a intenção.

“É triste ver o que estão fazendo com o Banco do Brasil por indicados justamente do mercado. E que são  indicados do ministro da Economia, o que só mostra essa lógica privatista e de desrespeito às empresas públicas e à soberania nacional”, desabafa João Fukunaga, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB).

“Neste 212 anos, o  Banco sempre foi um instrumento da soberania nacional. Um Banco que ajudou a construir as grandes empresas brasileiras, como a Vale do Rio Doce e a Companhia Siderúrgica Nacional e que teve papel ativo na economia brasileira ao longo desses anos”, destaca.

Denunciar os ataques que a instituição vem sofrendo, com o objetivo de privatizá-la, tem se tornado imprescindível. No dia seguinte à comemoração dos 212 anos, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), sindicatos e federações de bancários lançam a campanha nacional “O bom do BB é…”

A campanha acontece no primeiro dia do Seminário “O Bom do BB é construir o Brasil, com você – Banco do Brasil, há 212 anos de parabéns”, que será transmitido ao vivo pelas redes sociais (Facebook e Youtube) da Contraf-CUT e retransmitido por outras entidades que fazem parte da campanha.

Confira o cronograma de atividades


Seminário “O Bom do BB é construir o Brasil, com você – Banco do Brasil 212 anos”
13/10, às 19h – Banco do Brasil, há 212 anos um instrumento de
inclusão, desenvolvimento econômico e soberania nacional
14/10, às 19h – Denúncia e atuação contra a agenda de desmonte e
privatização do Governo Bolsonaro contra o BB
15/10, às 11h – Tuitaço em defesa do banco
16/10, às 19h – Show-live com Zélia Duncan

.