Pular para o conteúdo principal

Bancários do ABC criam Comitê em Defesa da Vida itinerante

Imagem
Arquivo de Imagem
Movimento-Sindical (1) (1)

O Sindicato dos Bancários do ABC, entidade filiada à CUT, se somou à iniciativa da central em criar "Comitês de Luta em Defesa da Classe Trabalhadora, pela Vida e Democracia". A ideia da organização é criar um comitê itinerante, para atender a todas as cidades da região coberta pelo Sindicato.

A ideia da CUT é criar, junto a movimentos populares, espaços em que diversas lutas se articulem e entrem em diálogo com a população em geral. No lançamento da iniciativa, em fevereiro, um vídeo da Central falou em uma "tragédia brasileira" ocorrendo em 2022 - marcada por desemprego e carestia.

Os municípios pelos quais circulará o comitê dos bancários do ABC são Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Leia também:
- Rita Serrano: "Temos que ter Banco Público de Estado, não Banco Público de governo"

- Lula na Unicamp: "É por isso que aumentamos em 74% o salário mínimo e não tivemos inflação"

De acordo com o calendário definido pelo Sindicato, cada dia será dedicado a cada uma das cidades. A cada dia, as atividades se iniciarão nos centros comerciais dos municípios.

“Depois, as tendas, o carro de som e toda a estrutura organizada para o Comitê, passará pelos bairros das sete cidades. Pensamos em percorrer as sete cidades da região não fincando só nas regiões de centro, mas indo às periferias para aproximar o Comitê ainda mais da população”, explica Gheorge Vitti, presidente do Sindicato dos Bancários.

Além dos temas do cotidiano da população - como desemprego - o comitê pretende colher assinaturas para um abaixo-assinado em defesa das empresas públicas e contra as privatizações. “Essas empresas são fundamentais para o desenvolvimento, para a economia e a para políticas sociais no Brasil", sustenta Vitti.