Pular para o conteúdo principal

Avanço de casos de covid faz INSS suspender temporariamente perícias médicas

Imagem
Arquivo de Imagem
inss

O aumento dos casos de covid-19 no País motivou o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a suspender temporariamente a realização de perícias médicas do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade. A suspensão vale para perícias marcadas desde o dia 12 de janeiro deste ano.

As perícias suspensas serão remarcadas para o segundo semestre e segundo o INSS, os segurados serão comunicados com a nova data. Os segurados afetados pela suspensão das perícias continuarão recebendo os benefícios normalmente.

A portaria do INSS foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (13). Segundo o texto, as medidas ocorrem devido o "enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorente da pandemia do coravírus (Covid-19)"

As perícias são necessárias para revisão do benefício por incapacidade temporária, antigo auxílio-doença.

LEIA TAMBÉM:
- Casos de covid aumentam nos locais de trabalho e agências bancárias fecham em São Paulo
- Covid-19: Primeiro lote de vacinas para crianças chega ao Brasil

O País vem registrando uma curva acentuada no aumento dos casos de covid-19 com a chegada da variante Ômicron. Mais transmissível que as anteriores, a nova onda tem causado impacto em diversos setores da economia.

Em São Paulo, por exemplo, cerca de 150 agências bancárias já foram fechadas por conta de novos casos de covid-19. Já as companhias de cruzeiros decidiram prorrogar até 4 de fevereiro a suspensão da temporada no País. A suspensão estava prevista até 21 de janeiro.

O Brasil registrou nesta quinta-feira 97.221 novos casos de Covid-19 em 24 horas, segundo o consórcio de veículos de imprensa, chegando ao total de 22.815.827 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia.