Pular para o conteúdo principal

Auxílio emergencial: Filas virtuais no Caixa Tem duram mais de 30 minutos

Imagem
Arquivo de Imagem
Imagem do site Recontaai.com.br

Aplicativo Caixa Tem concentra vários serviços como pagamento de boletos, transferência do dinheiro, compras online e saque em dinheiro

Siga a página do Reconta Aí no Instagram.
Siga a página do Reconta Aí no Facebook.
Adicione o WhatsApp do Reconta Aí para receber nossas informações.

Uma semana após o início do pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial, brasileiros voltam a ter problemas com o Caixa Tem. De acordo com a Caixa, as filas devem durar cerca de dois minutos. Mas na realidade, o tempo de espera está ultrapassando os 30 minutos.

O Caixa Tem é a ferramenta usada pelos cidadãos para movimentar o dinheiro do auxílio emergencial. Por ele é possível pagar boletos, transferir o dinheiro para outros bancos, gerar autorização para o saque em dinheiro nas casas lotéricas e caixas eletrônicos e fazer compras com o cartão de débito virtual.

“O aplicativo é onde realizamos todas as movimentações das contas digitais”, explicou o presidente do Banco Público, Pedro Guimarães, em live no YouTube, nesta segunda-feira (25). Durante a transmissão, questionamos Guimarães sobre as filas virtuais no Caixa Tem, mas não tivemos resposta.

Leia também:
Saque do FGTS: Quando começa o pagamento de até R$ 1.045 e quem poderá receber
– Auxílio emergencial: 2ª parcela será paga somente pela Poupança Social Digital
Como gerar o cartão de débito virtual para compras em supermercados

Caixa Tem

2ª parcela é paga somente pela Poupança Social Digital

O pagamento da primeira parcela foi rodeado de problemas. Vários deles envolviam o aplicativo Caixa Tem. Mas vale lembrar que neste primeiro pagamento, só recebia os R$ 600 pela Poupança Social Digital quem escolhia essa opção no momento do cadastro pelo aplicativo ou site do auxílio emergencial.

No final de abril, publicamos uma matéria (acesse aqui) mostrando relatos no Twitter com reclamações que iam desde o acesso ao aplicativo até a transferência do dinheiro para outra conta bancária.

Várias atualizações depois, o Caixa Tem continua testando a paciência dos brasileiros. Entretanto, agora temos um novo agravante. A Caixa determinou que o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial seria 100% pela Poupança Social Digital. Ou seja, são 36,7 milhões de brasileiros recebendo pela poupança digital.

Dessa forma, aumentou significativamente a quantidade de pessoas precisando utilizar o aplicativo para gerir o seu auxílio. Claro que os problemas continuariam.