Pular para o conteúdo principal

Auxílio Emergencial 2021 é prorrogado e terá mais 3 parcelas

Imagem
Arquivo de Imagem
auxílio

O Governo Federal anunciou, nesta segunda-feira (5), que o auxílio emergencial de 2021 terá mais três parcelas. Assim, os brasileiros vão receber o pagamento em agosto, setembro e outubro deste ano.

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República informou que o presidente Bolsonaro editou decreto que prorroga o pagamento. A Secretaria explica que, para continuar recebendo o auxílio, o cidadão precisa cumprir os requisitos estabelecidos pela MP 1.039/21.

Leia também:
- Pesquisa CNT/MDA: 62,5% desaprovam o desempenho pessoal do presidente Bolsonaro
- Gasolina, diesel e gás de cozinha ficarão mais caros a partir de amanhã (6)

O auxílio emergencial que está sendo pago hoje tem valor médio de R$ 250 por parcela. As exceções no valor são para mães chefes de família – que recebem R$ 375 – e para pessoas que moram sozinhas – que recebem R$ 150.

O pagamento é feito pela conta Poupança Social Digital da Caixa e a movimentação do dinheiro é feita somente pelo aplicativo Caixa Tem. Por ele é possível pagar contas, boletos e ainda realizar compras usando o cartão de débito virtual ou QR Code.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o calendário de pagamento das três parcelas extras do auxílio emergencial 2021 será definido nas próximas semanas. No entanto, para os beneficiários do Bolsa Família, nada muda. Os repasses continuam sendo feitos de acordo com o calendário habitual do programa.