Reconta Aí – Atualiza Aí Salário Mínimo: “Instrumento fundamental para distribuição de renda no Brasil”

Salário Mínimo: “Instrumento fundamental para distribuição de renda no Brasil”

O salário mínimo como direito do trabalhador brasileiro foi enunciado na Constituição de 1934. Mas só foi em 1º maio de 1940 que ele foi instituído e, dois meses depois, passou a vigorar.

Ou seja, neste 1° de julho, o salário minimo completa oitenta anos do seu pagamento. O primeiro salário minimo foi pago no governo Getúlio Vargas e, naquela época, tinha 14 valores distintos para todo o Brasil. O País tinha sido dividido em 22 regiões, equivalentes aos 20 estados da época somados ao território do Acre e ao Distrito Federal, com cada região sendo dividida em sub-regiões.

“O salario minimo foi criado em maio de 1940, mas foi pago dois meses depois. Talvez seja o instrumento mais importante de regulação do mercado de trabalho. Ele estabelece o piso remuneratório das diversas categorias do setor formal e é uma especie de farol, mesmo para o setor informal”, conta Sérgio Mendonça, economista e diretor do Reconta Aí.

Para ter uma ideia da sua importância, o economista destaca que cerca de 49 milhões de pessoas no País têm o rendimento referenciado no salário minimo. Segundo Mendonça, o reajuste significou um incremento de R$ 29 bilhões na economia brasileira, com a arrecadação de R$ 15 bilhões de impostos com o consumo que as familias.

“Ou seja, ele é um instrumento fundamental para distribuição de renda no Brasil”.

Para lembrar esta data, preparamos dois vídeos com Sérgio Mendonça sobre o salário mínimo e sua importância. Assista!